quarta-feira, 31 de março de 2010

1º Surf Treino de Waveski e Kayaksurf

NOVO ENCONTRO DA CANOAGEM ONDA ACONTECERÁ EM ABRIL


Primeiro Surf Treino de Waveski, Kayaksurf e Stand up. Esse é o próximo evento da Canoagem Onda Brasileira, marcado para o dia 24 de abril, a partir da 9 horas, em Bertioga, Litoral de São Paulo, um encontro ao mesmo tempo informal e de caráter confraternizacional , bem como competitivo e de aperfeiçoamento técnico.

Os organizadores do evento, Bruno Guazzelli Filho, Ricardo Camargo (Cado), Gilberto Filgueiras e Roberto de Souza, todos praticantes de waveski e/ou kayaksurf, convidam atletas, praticantes e interessados no esporte a comparecerem, mesmo que seja apenas para um surf entre amigos e independentemente do nível técnico de cada um, vez que dentre as metas do evento estão justamente o aprimoramento e aprendizado.

Mas, afinal, o que é surf treino? Fácil: todos que comparecerem, desde que queiram participar, serão distribuídos em baterias, sorteadas na hora, e vão para a água surfar, sendo julgados pelos próprios colegas que ficam na areia avaliando em grupo as performances. E a vantagem? Primeiro a confraternização, já que é uma forma de reunir os praticantes e amantes do esporte, sem maiores compromissos.

Depois, se aprimorar com a avaliação das manobras feita por quem também vive o mesmo esporte. Aliás, os critérios dessa avaliação poderão ser repassados ao órgão oficial do waveski e kayaksurf brasileiro, a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) para utilização nos campeonatos oficiais, julgados por juízes de surf que não tem nenhum ou muito pouco contato com a canoagem onda.

Com certeza uma ferramenta bastante interessante para ajudar o esporte a crescer, sem esquecer que eventos desse tipo geram grande visibilidade. Afinal, todo mundo há de concordar que crowd de waveski e kayaksurf é muito raro.

E pra ninguém ficar sem uma lembrança concreta, o filmaker Marcelo Bomfim e o fotógrafo Ricardo Camargo, um dos organizadores, registrarão em imagens as ondas da galera, com a qualidade que todos já conhecem e admiram.

Apesar de não haver necessidade de inscrição, os organizadores solicitam que os interessados confirmem presença pelo e-mail charless45@yahoo.com.br , facilitando a preparação do evento. E avisam: se a previsão de ondas indicar falta de condições a data poderá ser adiada. Uma forma de “janela”, novidade na Canoagem Onda.

E aí, vamos surfar? Imperdível.

Atenciosamente: A Organização

segunda-feira, 29 de março de 2010

Brasil é campeão da canoagem nos Jogos Sul-americanos‏

Canoístas brasileiros conquistam 16 das 24 medalhas de ouro e se consagram campeões gerais da modalidade na cidade de Guatapé, na Colômbia.


Após dominar as provas de 1000 e 500 metros nas disputas da Canoagem Velocidade dos Jogos Sul-americanos neste fim de semana a seleção brasileira de canoagem garantiu nesta segunda-feira (29/03) o título de campeão geral da modalidade depois de conquistar mais sete medalhas de ouro nas provas de 200 metros. Ao total os canoístas brasileiros garantiram 16 medalhas de ouro, quatro de prata e três de bronze, nas disputas da Canoagem Velocidade que aconteceram no município de Guatapé, na Colômbia.

O desempenho do Brasil é impressionante. Em 24 provas disputadas na Canoagem Velocidade o Brasil conquistou 16 ouros, fato que imprimiu aos brasileiros um aproveitamento de 66,6% na competição. O título de campeão geral da modalidade nos Jogos Sul-americanos 2010 coroa o planejamento traçado pela Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa).



K4 200m Feminino:Naiane Pereira, Daniela Alvarez, Juliana Domingos e Ariela Pinto

“Chegamos aqui com antecedência para uma melhor preparação e ‘aclimatação’ dos atletas com a altitude que passa os 2.500 metros. Entretanto, é preciso realçar o trabalho dos nossos técnicos (Álvaro Koslowski no caiaque e Pedro Sena na canoa) e o esforço dos nossos atletas. É mais um grande resultado da canoagem brasileira demonstrando a evolução da modalidade nos últimos anos”, comemorou o presidente da CBCa, João Tomasini Schwertner.

E tanto esforço deu resultado. Nesta segunda-feira o Brasil faturou mais sete medalhas de ouro nas oito provas de 200 metros realizadas hoje no Centro Náutico de Guatapé. Na categoria canoa o Brasil manteve um excelente aproveitamento de 100%, venceu todas as provas que disputou.


Edson Silva, considerado um dos quatro melhores atletas do mundo no K1 200m.

Hoje, o atleta Nivalter Santos levou o ouro no C1 200 metros com o tempo de 43.180, mais de um segundo na frente do venezuelano medalhista de prata (44.430) e dois do chileno (45.270). Já no C2 200m, os jovens brasileiros Ronilson de Oliveira e Erlon Silva, ambos vindos da base da canoagem neste ano, levaram o ouro com o tempo de 40.580, seguidos por venezuelanos (41.500) e chilenos (41.890).

Na categoria caiaque, Edson Silva, considerado um quatro dos melhores canoístas do mundo na prova do K1 200 metros, confirmou seu favoritismo e levou o ouro da prova com o tempo de 37.560, seguido por um venezuelano (38.010) e um argentino (38.630). No K2 200m Masculino outro ouro. Roberto Maehler e Ricardo Barreto garantiram o primeiro lugar com o tempo de 33.670, seguidos por argentinos (34.910) e venezuelanos (35.620). No K4 200m mais um ouro para o Brasil em prova disputadíssima contra argentinos e venezuelanos. Os canoístas brasileiros Edson Silva, Celso Oliveira, Gilvan Ribeiro e Roberto Maehler terminaram a prova com o tempo de 32.070, seguidos de perto por argentinos (32.230) e venezuelanos (32.450).


Nivalter Santos após vencer mais uma prova na Colômbia.


No caiaque feminino outros bons resultados. Primeiro um ouro no K2 200m Feminino com Juliana Domingos e Naiane Pereira. As canoístas brasileiras garantiram o primeiro lugar numa das provas mais disputadas do dia com o tempo de 43.150, seguidas por argentinas (43.760) e colombianas (44.610). No K4 200m Feminino, em embarcação composta pelas atletas Naiane Pereira, Bruna Gama, Ariela Pinto e Juliana Domingos, o Brasil conquistou mais um ouro com o tempo de 39.650, seguidas por argentinas (40.300) e colombianas (40.920).

No quadro geral de medalhas da Canoagem Velocidade o Brasil dominou todos os dias de competição e fechou os Jogos Sul-americanos em primeiro lugar da modalidade com um total de 23 medalhas, sendo 16 ouros, quatro de prata e três de bronze. Em segundo lugar ficou a Argentina com seis ouros, seis pratas e dois bronzes; e em terceiro a Colômbia com um ouro, cinco pratas e cinco bronzes.


C2 200m Masculino com Erlon Silva e Ronilson Matias de Oliveira.

A seleção brasileira de Canoagem Velocidade foi composta pelos atletas: João Carlos Rodrigues Jr., Gilvan Ribeiro, Givago Ribeiro, Edson da Silva, Michel Ferreira, Roberto Maehler, Ricardo Barreto, Celso de Oliveira, Wladimir Moreno, Nivalter Santos, Erlson de Souza Silva e Ronilson Matias de Oliveira, no masculino; e Naiane Pereira, Juliana Domingos, Ariela Pinto, Bruna Gama, Daniela Alvarez e Regiane Sarango, no feminino.

Pódio do K4 200m Masculino com: Edson Silva, Roberto Maehler, Celso Oliveira e Givago Ribeiro.


Confira todos os resultados:

K1 1000m Feminino
C1 1000m Masculino
K1 1000m Masculino
K2 1000m Feminino
C2 1000m Masculino
K2 1000m Masculino
K4 1000m Feminino
K4 1000m Masculino
K1 500m Feminino
C1 500m Masculino
K1 500m Masculino
K2 500m Feminino
C2 500m Masculino
K2 500m Masculino
K4 500m Feminino
K4 500m Masculino
K1 200m Feminino
C1 200m Masculino
K1 200m Masculino
K2 200m Feminino
C2 200m Masculino
K2 200m Masculino
K4 200m Feminino
K4 200m Masculino

Quadro de medalhas:
http://results.medellin2010.org.edgesuite.net/es/Root.mvc/Medals?sport=CF

Site oficial do evento:
http://www.medellin2010.org/

Final da Copa Sul de Canoagem‏

COPA SUL DE CANOAGEM TERMINA EM GUAÍBA.

Mau tempo não assustou os jovens atletas e 107 inscritos participaram da competição.

Ocorreu neste final de semana a primeira etapa da Copa Sul de Canoagem, evento importante para o desenvolvimento da Canoagem Velocidade no Estado. Com o apoio da FUNDERGS e da Prefeitura Municipal de Guaíba a competição reuniu 107 inscrições nas suas diversas categorias. O mau tempo não assustou os atletas que tiveram de remar abaixo de chuva e um forte vento sul. Diversas embarcações viraram durante o percurso dando trabalho para equipe de salvatagem. Após as provas de 500 metros, ocorridas na parte da manhã, a comissão técnica e os chefes de equipes se reuniram e, por questões de segurança, decidiram pelo cancelamento das provas de 200 metros.

O destaque da prova foi para o paratleta José Aguimarino de Jesus Coelho, natural de Belém do Pará e que atualmente reside no Paraná. O atleta venceu nas duas categorias que disputou - K1 Escola Open e Turismo. “Achei maravilhoso o evento, principalmente pela organização e pela oportunidade que vocês estão dando para os paraolímpicos participarem destas competições”, diz José de Jesus.

A próxima etapa da Copa Sul de Canoagem ocorrerá dia 25 de abril na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre.

Após muitas remadas os resultados foram:

K-1 Infantil: 1.o Murilo Kadoch (GAC), 2.o Cleiton Guterres (GAC), 3.o Leonardo Alves (GAC);
K-1 Menor: 1.o Lucas Gil (GAC), 2.o Alison dos Santos (GAC), 3.o Kevin Nogueira (ACARE);
k-1 Cadete: 1.o Jatiniel Peixoto (GAC), 2.o Marcus Zamim (ASTECAN), 3.o Felipe Pereira (ACEN);
K-1 Junior: 1.o Vinicius de Santi (ACEN), 2.o Diego Feber (ACEN), 3.o Jaeson de Lima (ASTECAN);
K-1 Sênior: 1.o Hans Mallmann (GAC), 2.o Maicon Vinícius (AGC), 3.o Mauro Cardoso (GAC);
K-1 Master: 1.o Adriano Egídio (São Léo), 2.o Paulo Magalhães (ACCE), 3.o João Paulo de Souza (AGC);
K-1 Feminino Cadete: 1.o Kathleen Rabelo (ACEN), 2.o Pamela Goulart (GAC), 3.o Janine Steinhorst (São Léo);
K-1 Feminio Open: 1.o Janine Steinhorst (São Léo), 2.o Luana de Santi (ACEN);
K-2 Open: 1.o Hans Mallmann / Carl Mallmann (GAC), 2.o Marlonei Leal / Maicon Vinícius (AGC), 3.o Fabio Munhoz / Adair Nogueira (ACARES);
Turismo Open: 1.o José de Jesus (São José dos Pinhais - Paraná), 2.o Bruno Borges (AGC), 3.o Felipe Pereira (ACEN);
K-1 Escola Open: 1.o José de Jesus (São José dos Pinhais - Paraná), 2.o Fábio Munhoz (ACARES), 3.o Leonardo Rosa (ACCE).

Fotos: Marlonei Leal e Mário Silveira
Mais Informações:

Brasil conquista mais cinco ouros na Colômbia

Canoístas brasileiros lideram o quadro geral de medalhas na Canoagem Velocidade. Hoje, último dia de competição e das provas de 200 metros, Brasil pode se sagrar campeão da modalidade nos Jogos Sul-americanos.


A seleção brasileira de canoagem que está disputando os Jogos Sul-americanos 2010 na Colômbia segue conquistando importantes resultados na Canoagem Velocidade e lidera o quadro geral de medalhas da modalidade. Neste domingo, nas provas de 500 metros, os canoístas brasileiros conquistaram mais cinco ouros (K4 Feminino, C1 e C2 Masculinos, e K1 e K2 Masculinos).


No K4 500m Feminino do Brasil, composto pelas atletas Juliana Domingos, Bruna Gama, Naiane Pereira e Ariela Pinto, o ouro foi conquistado com o tempo de 1:49.940, frente às chilenas (1:50.340) em segundo lugar e as venezuelanas (1:51.550) em terceiro. No caiaque feminino, o Brasil ainda conquistou um bronze no K1 500m com Naiane Pereira, que também garantiu uma medalha de prata no K2 500m remando em companhia de Juliana Domingos.


No caiaque masculino, os canoístas brasileiros tiveram um grande resultado conquistando duas medalhas de ouro e uma prata. O ouro no K1 foi conquistado por Gilvan Ribeiro que terminou a prova com o tempo de 1:42.210, seguido por um argentino (1:43.330) e um venezuelano (1:46.800). A outra medalha de ouro do caiaque masculino brasileiro foi conquistada na disputada prova do K2 500m, embarcação composta por Givago Ribeiro e Edson Silva. Os brasileiros garantiram o primeiro lugar com o tempo de 1:37.070, seguidos de perto por argentinos (1:37.400) e logo atrás por venezuelanos (1:40.350). No K4 500m Masculino o Brasil ficou com a medalha de prata, em embarcação composta pelos atletas Roberto Maehler, Celso Oliveira, Givago Ribeiro e Edson Silva.


Outro grande destaque do Brasil nos Jogos Sul-americanos são os atletas da canoa masculina. Na manhã deste domingo os brasileiros conquistaram os dois ouros em disputa do dia na categoria. No C2 500m os canoístas Ronilson de Oliveira e Erlon Silva garantiram o primeiro lugar da prova com o tempo de 1:46.450, seguidos por venezuelanos (1:47.670) e colombianos (1:48.400). No C1 500m o atleta Nivalter Santos sacramentou seu favoritismo e levou o ouro com o tempo de 1:52.230, seguido por um equatoriano (1:54.660) e um boliviano (1:55.850).


Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, João Tomasini Schwertner, estes resultados conquistados até agora pelo Brasil nos Jogos Sul-americanos se deve ao planejamento e a preparação da seleção brasileira neste ano.


“A preparação para a competição começou logo no começo do ano e estas conquistas aqui na Colômbia são frutos deste trabalho. Esperamos amanhã continuar com estes bons resultados e garantir o título geral na modalidade para o Brasil”, disse Tomasini.


Nesta segunda-feira acontecem as provas de 200 metros e acabam as disputas dos Jogos Sul-americanos na Colômbia. Na canoagem serão disputadas 24 medalhas de ouro nas provas C1, C2 nos 200m, 500m e 1000m, todas no masculino; e K1, K2 e K4 nas distâncias de 200m, 500m e 1000m, no masculino e feminino.


A seleção brasileira de Canoagem Velocidade é composta pelos atletas: João Carlos Rodrigues Jr., Gilvan Ribeiro, Givago Ribeiro, Edson da Silva, Michel Ferreira, Roberto Maehler, Ricardo Barreto, Celso de Oliveira, Wladimir Moreno, Nivalter Santos, Erlson de Souza Silva e Ronilson Matias de Oliveira, no masculino; e Naiane Pereira, Juliana Domingos, Ariela Pinto, Bruna Gama, Daniela Alvarez e Regiane Sarango, no feminino.


Resultados:










Quadro de medalhas:



Site oficial do evento:

Canoagem do Brasil estreia bem na Colômbia

Canoístas brasileiros conquistam oito medalhas no primeiro dia de disputa da Canoagem Velocidade nos Jogos Sul-americanos e lideram quadro de medalhas da modalidade.




A seleção brasileira de canoagem que está na Colômbia para a disputa dos Jogos Sul-americanos 2010 estreiou bem nas provas de 1000 metros, disputadas na manhã deste sábado (27/03) no município de Guatapé, e já garantiu oito medalhas para o Brasil. O grande destaque do dia foi a canoísta brasileira Naiane Pereira, responsável pela conquista de um ouro (K4) e dois bronzes (K2 e K1).



Ao total, apenas neste sábado, o Brasil conquistou quatro ouros (K4 Feminino, K2 Masculino, C1 e C2 Masculinos), duas pratas (K1 e K4 Masculinos) e dois bronzes (K1 e K2 Femininos); e lidera o quadro geral de medalhas da Canoagem Velocidade na frente da Argentina, que conquistou três medalhas de ouro, e do Chile, que garantiu nas provas de 1000 metros um ouro, uma prata e três bronzes.



“Hoje foram disputadas oito medalhas de ouro e o Brasil conquistou quatro delas. Se continuarmos com esta média de resultados nas provas de amanhã poderemos chegar na segunda-feira (último dia de disputa) com o título praticamente nas mãos”, disse Sebastian Cuattrin, atualmente supervisor da modalidade na Confederação Brasileira de Canoagem e um dos maiores nomes da Canoagem Velocidade na história do país.



Amanhã acontecem as provas de 500 metros a partir das 8 horas da manhã (horário local) e com término às 10h10. E na segunda-feira, data de encerramento dos Jogos Sul-americanos na Colômbia, acontecem as provas de 200 metros.



Na canoagem serão disputadas 24 medalhas de ouro nas provas C1, C2 nos 200m, 500m e 1000m, todas no masculino; e K1, K2 e K4 nas distâncias de 200m, 500m e 1000m, no masculino e feminino.



A seleção brasileira de Canoagem Velocidade é composta pelos atletas: João Carlos Rodrigues Jr., Gilvan Ribeiro, Givago Ribeiro, Edson da Silva, Michel Ferreira, Roberto Maehler, Ricardo Barreto, Celso de Oliveira, Wladimir Moreno, Nivalter Santos, Erlson de Souza Silva e Ronilson Matias de Oliveira, no masculino; e Naiane Pereira, Juliana Domingos, Ariela Pinto, Bruna Gama, Daniela Alvarez e Regiane Sarango, no feminino.



Confira todos os resultados no link:

http://www.cbca.org.br/newcbca/imprensa/noticia/paginas_id/166/noticias_id/1600 ou


Resultados:

K1 1000 Feminino

K2 1000 Feminino

K4 1000 Feminino

K1 1000 Masculino

K2 1000 Masculino

K4 1000 Masculino

C1 1000 Masculino

C2 1000 Masculino

Quadro de medalhas:

http://results.medellin2010.org.edgesuite.net/es/Root.mvc/Medals?sport=CF



Site oficial do evento:

http://www.medellin2010.org/

sexta-feira, 26 de março de 2010

Canoístas entram na água neste sábado pelos Jogos Sul-americanos

As disputas das provas de Canoagem Velocidade acontecem na cidade Guatapé, na Colômbia, local onde também acontecem as provas de vela, triatlo e maratona aquática.
Depois de um período de preparação técnica e aclimatação na cidade de Guatavita, na Colômbia, a uma altitude de 2.640 metros, a seleção brasileira de Canoagem Velocidade seguiu para o município de Guatapé, local onde começam neste sábado (27/03) as disputas da modalidade pelos Jogos Sul-americanos de Medelín 2010.

Os dezoito canoístas brasileiros estão na Colômbia há mais de duas semanas realizando um período de treinamento técnico e aclimatação em virtude da altitude do local. De acordo com o técnico Álvaro Koslowski, tudo isso faz parte do planejamento da Confederação Brasileira de Canoagem para os Jogos Sul-Americanos e também como preparação para as Olimpíadas de Londres-2012.

Segundo o presidente da CBCa, João Tomasini Schwertner, os principais adversários do Brasil na Colômbia serão os canoístas argentinos, atuais campeões sul-americanos da modalidade, contudo os brasileiros são os atuais campeões pan-americanos de Canoagem Velocidade.
“Ano passado, tanto no Campeonato Sul-americano quanto no Pan-americano nós lutamos até a última medalha contra os argentinos e acreditamos que aqui também será assim. Mas estou confiante que podemos conquistar mais um bom resultado para o Brasil aqui na Colômbia”, disse Tomasini.

Na canoagem serão disputadas 24 medalhas de ouro nas provas C1, C2 nos 200m, 500m e 1000m, todas no masculino; e K1, K2 e K4 nas distâncias de 200m, 500m e 1000m, no masculino e feminino.

A seleção brasileira de Canoagem Velocidade é composta pelos atletas: João Carlos Rodrigues Jr., Gilvan Ribeiro, Givago Ribeiro, Edson da Silva, Michel Ferreira, Roberto Maehler, Ricardo Barreto, Celso de Oliveira, Wladimir Moreno, Nivalter Santos, Erlson de Souza Silva e Ronilson Matias de Oliveira, no masculino; e Naiane Pereira, Juliana Domingos, Ariela Pinto, Bruna Gama, Daniela Alvarez e Regiane Sarango, no feminino. Onze deles têm apoio da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Randon e prefeitura de Caxias do Sul/Fundel.

Após os resultados desta quinta-feira a Colômbia lidera o quadro de medalhas da competição com 237 pontos (97 de ouro, 77 de prata e 63 de bronze), seguido pelo Brasil que possui 198 pontos (59 ouro, 76 pratas e 63 bronze) e Venezuela com 135 pontos (49 ouros, 39 pratas e 47 bronzes).


Site oficial do evento:
http://www.medellin2010.org/

COPA SUL DE CANOAGEM VELOCIDADE REÚNE 100 JOVENS ATLETAS EM GUAÍBA - RS

COPA SUL DE CANOAGEM VELOCIDADE

REÚNE 100 JOVENS ATLETAS EM GUAÍBA - RS
Ocorrerá neste domingo, dia 28 de março, a COPA SUL DE CANOAGEM VELOCIDADE, com a participação de aproximadamente 100 atletas de diversas cidades gaúchas. O evento iniciará às 9:00 hs, no Parque da Juventude, centro da Cidade de Guaíba e reunirá os atletas mais jovens da canoagem velocidade, fruto de projetos de base e sociais da Confederação Brasileira de Canoagem, em parcerias com entidades locais. Segundo Caio Daniel Schmitt “o evento é um reconhecimento ao trabalho sério desenvolvido pela Associação Guaybá de Canoagem“. A cidade de Guaíba é tradicional na formação e revelação de atletas, como é o caso de Edson Silva, o Edinho, atleta fruto de projeto social e que atualmente é destaque na Seleção Brasileira de Velocidade, e que se encontra em Medelín, na Colômbia, disputando, neste mesmo final de semana, os Jogos Sulamericanos 2010.


O que: COPA SUL DE CANOAGEM
Quando: dia 28 de março, domingo.
Onde: Parque de Juventude – Centro de Guaíba – RS – Brasil
Realização: FUNDERGS e Prefeitura Municipal de Guaíba
Produção: Guaybá Associação de Canoagem e Podium Esportes
Supervisão: Confederação Brasileira de Canoagem


terça-feira, 23 de março de 2010

Ajude o Caiaque Clube de Constitución, devastado pelo tsumani no Chile

As pessoas estão começando a reconstruir suas vidas em terras chilenas. O mesmo acontece no Caiaque Clube de Constitución
*
O terremoto que devastou o Chile no dia 27 de fevereiro nas proximidades da capital Santiago atingiu 8.8 na escala Richter causando uma devastação imensa, matando centenas de pessoas e causando danos materiais de mais de 30 bilhões de dólares. Hoje, um mês depois da catástrofe, as pessoas estão começando a reconstruir suas vidas em terras chilenas. O mesmo acontece no Caiaque Clube de Constitución, localizado na foz do rio Maule.
*
Depois do terremoto, um tsunami com ondas que atingiram até doze metros de altura atingiram a costa chilena e destruíram completamente o Caiaque Clube. As gigantescas ondas passaram pelo rio Maule atingindo o estaleiro do clube. Felizmente para os canoístas, o terremoto aconteceu as 3h43m da madrugada e o tsunami uma hora depois, então, durante a catástrofe nenhum canoístas estava na água.
*
Isto aconteceu apenas uma semana depois da regata anual que celebra a “Semana Maulina”, evento que reuniu mais 200 caiaques e canoas na água e marca o fim das férias de verão na cidade.
*
O Caiaque Clube de Constitución é uma das mais importantes organizações no Chile onde é praticada a canoagem. Agora, a missão é reconstruir o clube e reativar as atividades no esporte.
*
Por esta razão a Federação Chilena de Canoagem, presidida pelo senhor Christian Moya, voltou-se à comunidade internacional da canoagem a fim de pedir ajuda e donativos para a reconstrução do local.
*
Se você quiser ajudar com donativos, caiaques e remos (não interessa se o material é velho, qualquer ajuda é bem-vinda), por favor, contatem o senhor Christian Moya no email: fedcanotaje@canotajechile.cl

Presidente da CBCa participa do 9° Seminário Nacional de Políticas Públicas de Esporte e Lazer

Evento acontece de 24 a 27 de março em São Bernardo do Campo/SP e discutirá os novos desafios e oportunidade aos gestores públicos, sobretudo aqueles que atuam com esporte e lazer.
*
Nesta quarta-feira (24/03), às 19hs, acontece em São Bernardo do Campo/SP a solenidade de abertura do 9° Seminário Nacional de Políticas Públicas de Esporte e Lazer que durante o período de 24 a 27 de março irá discutir na Universidade Metodista de São Paulo os desafios e oportunidades aos gestores públicos brasileiros, sobretudo aqueles que atuam no esporte e lazer. O presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, João Tomasini Schwertner, confirmou presença na solenidade de abertura.
*
A escolha do Brasil como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 apresentam um cenário promissor ao desenvolvimento do esporte brasileiro, contudo também traz consigo uma série de impactos na esfera pública brasileira.
*
Segundo o diretor de esporte e lazer de São Bernardo do Campo, Luiz Carlos Dantas, a canoagem é um esporte estratégico na política esportiva da prefeitura da cidade. “Já temos uma boa parceria com a Confederação Brasileira de Canoagem e esperamos incrementar ainda mais esta ação por meio de novos projetos que estão sendo desenvolvidos aqui em São Bernardo. Em breve, teremos mais novidades nesta questão”, contou Dantas.
*
Ao buscar estas questões, o 9° Seminário Nacional de Políticas Públicas de Esporte e Lazer pretende contribuir para a formação de gestores e agentes atuantes com as políticas participativas. Nesse sentido o diálogo entre especialistas nacionais e internacionais convidados, pesquisadores, gestores é fundamental para esta proposta.
*
Mais informações:
(11) 4126.5673
*
Local:
Universidade Metodista de São Paulo
Campus Rudge Ramos
Salão NobreRua Alfeu Tavares, 149,
Rudge Ramos, São Bernardo do Campo - SP

Convite para Campeonato Brasileiro de Canoagem Descida.

Seletiva para o Campeonato Mundial
*
‏Segunda Etapa - Lavras - Minas Gerais
Data: 10 e 11 de Abril de 2010.
Local: Rio Capivari - Lavras - MG
Organização: Confederação Brasileira de Canoagem .
Apoio: Prefeitura Municipal de Lavras / Secretaria de Estado deEsportes.
*
PROGRAMAÇÃO:
*
09 de abril - Sexta: Treinos.
*
Serão testados os coletes que receberão uma etiqueta numerada, já na sexta –feira.
*
Os capacetes serão inspecionados, quanto à resistência e confiabilidade da jugular.
*
ATENÇÃO: Aconselhamos ao fazer o reconhecimento do rio que o façam no mínimo em três atletas, para maior segurança.
*
Somente no domingo, bombeiros estarão no percurso da prova.
*
Os caiaques terão que ter flutuadores (espaguetes, garrafas e outros ).
*
É obrigatório o uso de saia contra respingos.
*
Das 19:00 às 20:00 – Jantar
*
As 20:30- Apresentação do percurso através croqui.Cerimônia de abertura do campeonato.
*
10 de abril - Sábado
*
07:30 as 08:30: café da manhã.
09:30 : Saída do ônibus e caminhão levando os atletas e barcos para treinos.
*
Estará disponível um caminhão caçamba p/ levar caiaques da chegada até a largada, são 7kms de estrada de chão e o caminhão só sairá de um local ao outro com o mínimo de 08 canoístas a cada viagem.
*
12:00 as 15:00 : almoço na base
*
14h00: o ônibus retornará neste horário para a base trazendo atletas que desejam almoçar, quem quiser vir em definitivo deixar o barco na chegada para caminhão trazê-lo assim que retornar.
*
17:00: retorno do caminhão e ônibus para a base.
*
19:00: jantar
*
OBS: O atleta que estiver no rio após as 17:00, deverá voltar por meios próprios.
20h00: Reunião técnica para a canoagem, avaliação dos treinos do dia e resolver detalhes para a prova oficial (ordem de largada, numerais, horários)
*
11 de abril - Domingo
*
7:00 as 8:30- Café da manhã
*
08:45: Saída da base em direção ao Rio Capivari - Descida Oficial.
*
10:00- Descida Oficial.
*
14:00- Premiação.
*
INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA A CANOAGEM
*
Observar as normas adotadas a respeito da EQUIPE DISCIPLINAR nos alojamentos e competições. Será punido os responsáveis por irregularidades.
*
> Mapa de Pista: Haverá um mapa do rio com as corredeiras e seus respectivos nomes.
*
Informações:
*
ATENÇÃO: A ORGANIZAÇÃO NECESSITA DE TODOS OS DADOS COMPLETO PARA ORDEM DE LARGADA E SEGURO QUE É OBRIGATORIO NA COMPETIÇÃO: NOME COMPLETO, DATA DE NASCIMENTO, CIDADE E CPF ( NO CASO DE MENOR SE NÃO POSSUIR CPF ENVIAR TAMBEM NOME COMPLETO DO PAI OU MÃE E CPF).
*
Alojamento para Atletas:
*
Inscrições: Somente atletas inscritos têm o direito para alimentação gratuita , camisa do evento, utilizar instalações do parque e pernoite.
*
A inscrição deverá ser feita no e-mail: turismolavras@hotmail.com , até quinta-feira, 8 de abril, poderá ser feita também na base até sábado 12:00. Aquele atleta que fizer sua inscrição por e-mail até dia 8 de abril estará assegurado e garantirá colchão para dormir, caso necessite.
*
Na base, Quedas do Rio Bonito, tem uma área ampla para montagem de barracas, alguns alojamentos preferenciais para mulheres, crianças e casais.
*
Há um amplo salão onde poderão ser colocados os colchões para pernoite. Neste parque os atletas e acompanhantes (que terão que pagar os R$15,00) poderão usufluir da área de lazer, como pedalinhos, arvorismo, piscinas, tiroleza, passeios.
*
Aqueles que preferirem dormir em um hotel no centro de lavras podemos arrumar descontos para casal por 55,00 diária. Café da manha, almoço, jantar, reuniões, inscrição,premiação, será realizado no Parque Quedas do Rio Bonito.
*
Preço: R$15,00 POR ATLETA.
*
Problemas com revezamento de barco e equipamento – NÃO SERÁ DE RESPONSABILIDADE DA ORGANISAÇÃO DO EVENTO, POR MOTIVO DE ELEVADO TEMPO PARA TRANSIÇÃO DE AQUIPAMENTO.
*
Categorias:
•Oficial Masculino: turismo(j,s,m), 4.5(j,s.m), roto moldado(j,s,m), duck masculino e duck misto.
•Oficial Feminino: roto moldado
•Medalhas para todas categorias até o 5º e troféus até 3º lugar.
•Haverá premiação em dinheiro p/ os três primeiros colocados de todas categorias.
*
*
Com muito prazer que a prefeitura de Lavras convida vocês para esse evento.
*
PARA MAIS INFORMAÇÕES ACESSE:

segunda-feira, 22 de março de 2010

Paracanoagem confirmada no Campeonato Sul-americano‏

Devido ao constante crescimento da Paracanoagem nos últimos anos e a grande procura de países sul-americanos, a organização do Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade, que acontece de 23 a 25 de abril, na Argentina, confirmou a realização das categorias destinadas a portadores de necessidades especiais no evento.

Serão disputadas provas no K1 e V1, no masculino e feminino, todas na distância de 200 metros e nas categorias LTA, TA e A.
*
Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini Schwertner, essas decisões são reflexos diretos da política da Federação Internacional de Canoagem em difundir e massificar a Paracanoagem no mundo.
*
“Nós sempre estivemos na vanguarda da Paracanoagem, pois temos disputas da categoria há muitos anos em eventos realizados no Brasil e sempre conquistamos bons resultados em eventos internacionais. Esperamos que na Argentina isso se repita”, disse Tomasini.
*
O Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade 2010 será disputado nas categorias Cadete (15 e 16 anos), Junior (17 e 18 anos), Sênior (Sub-23) e Máster (35 anos em diante), todas no Masculino e Feminino. As provas serão: K1, K2, K4, C1 e C2.
*
Mais informações em:

Supervisor do Comitê de Paracanoagem visita CBCa

Segundo Maxmiliano Guimarães a modalidade passa por um momento de grande crescimento no país.


O supervisor do Comitê de Paracanoagem da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), Maximiliano Guimarães, esteve hoje (19) na sede da entidade, em Curitiba, discutindo as novas diretrizes para o desenvolvimento da modalidade no país.

Segundo ele a Paracanoagem passa por um momento de grande crescimento no país devido a proximidade da oficialização da mesma no quadro de modalidade dos Jogos Paraolímpicos. Para a próxima edição, em Londres 2012, a modalidade já será apresentada como exibição, deixando para a edição de 2016, no Rio de Janeiro, a primeira prova oficial com medalhas para a modalidade.

“O Brasil é fortíssimo nas modalidades paraolímpicas, basta ver os resultados conquistados em Pequim pela delegação brasileira. Tenho certeza que a canoagem será tão forte quanto às outras modalidades”, disse Max.

Maximiliano Guimarães, 49 anos e deficiente físico há mais de 30 anos devido a um acidente automobilístico, ressalta também o crescimento do interesse das pessoas com deficiência física para com a canoagem.

“Recebo inúmeros telefones de pessoas querendo saber da canoagem. Nossa grande vantagem é que a liberdade e o contato com a natureza que a canoagem proporciona, às vezes tão difícil para um portador de deficiência, é o que faz as pessoas nos procurarem”, explicou.

Max contou que seu interesse pela canoagem despertou após ver uma propaganda na televisão onde aparecia uma pessoa descendo corredeiras com um caiaque. “Naquela hora vi que poderia continuar praticando esportes mesmo com minhas limitações. E de lá pra cá eu nunca mais parei”, contou.

Ele também ressalta que a pessoa interessada na Paracanoagem o procure para que ele possa dar-lhe mais informação de como se tornar um atleta ou um esportista da modalidade.

sexta-feira, 19 de março de 2010

São Bernardo recebe 1º Desafio Represa Billings de Caminhada e Canoagem

O campeão mundial húngaro Ákos Angyal será um dos coordenadores da competição, que terá 16 canoas participantes.


A Prefeitura de São Bernardo do Campo realiza neste domingo (21/3), a partir das 9h, o primeiro Desafio Represa Billings de Caminhada e Canoagem, no Parque Estoril. A atividade faz parte da comemoração do Dia da Água e do aniversário de 85 anos da represa, além de promover o ecoturismo de aventura. O evento é organizado pelas secretarias de Esportes e Lazer e Desenvolvimento Econômico Trabalho e Turismo.

A competição de canoagem será coordenada pelo maior nome da história de canoagem brasileira, Sebastian Cuattrin e o campeão mundial húngaro Ákos Angyal. A atividade será realizada com 16 canoas V6, que têm como característica estabilidade e segurança proporcionadas pelo casco duplo. A partir das 13h acontece a segunda etapa do Desafio, e a população presente no Parque poderá se inscrever para participar dos passeios nas embarcações.

Segundo o coordenador técnico Ákos Angyal, essas embarcações serão organizadas como catamarãs. “Unindo os dois barcos, vamos proporcionar ainda mais segurança. Vamos trabalhar com cerca de 15 atletas profissionais nas embarcações para orientar os participantes. Contaremos com o apoio de salva-vidas, Corpo de Bombeiros e da Guarda Ambiental da Guarda Civil Municipal, que estará acompanhando o evento na água para garantir a segurança”.

Para Ákos, a atividade é importante para divulgar os esportes aquáticos na cidade, que proporcionam lazer e bem estar. “Espero que essa iniciativa dê frutos e que possamos implantar esse tipo de modalidade de atividade aquática na região de modo que os moradores possam conhecer e respeitar mais o meio ambiente”, afirmou.
Cerca de 200 jovens de 12 a 17 anos do projeto Esporte e Lazer da Cidade e da Fundação Criança participarão do primeiro Desafio Represa Billings. Os participantes poderão fazer uma caminhada de 45 minutos dentro dos bosques do parque, e os jovens vão entrar em contato com a fauna e flora da região de Mata Atlântica, além de visitar o Zoológico e conhecer animais brasileiros ameaçados de extinção como a jaguatirica, o cachorro vinagre entre outros.

A gerente do Parque Estoril, Cleyde Chieregatto, explica que a caminhada será monitorada por profissionais que poderão esclarecer e apresentar curiosidades do parque. “É um percurso dentro do ecossistema regional, aliado à prática esportiva. Os jovens poderão ver diversos tipos de animais, como insetos, aves, mamíferos, répteis e vegetação nativa que talvez nunca tiveram oportunidade de conhecer em seu dia a dia”, explica.
O secretário de Esportes e Lazer, José Luiz Ferrarezi, esclarece que a atividade vem ao encontro dos projetos de revitalização do Riacho Grande, inclusive com a intenção da Prefeitura de criar um centro de esportes aquáticos.

Para Ronaldo de Paula, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico Trabalho e Turismo, o primeiro Desafio Represa Billings de Caminhada e Canoagem evidencia os esforços do governo em projetos de valorização da cidade. “Esse é um evento multifacetado, que inclui o esporte, turismo e lazer trazendo visibilidade à cidade. Além disso, está dentro do conceito de revitalização do Riacho Grande, que visa dar apoio a práticas de esportes aquáticos para São Bernardo”, concluiu.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Pré-selecionados para o Mundial de Caiaque Pólo

1ª Etapa do Campeonato Brasileiro da modalidade, realizada em Londrina/PR, também foi válida como seletiva para o Mundial.

1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Caiaque Pólo 2010, além da briga pelo título nacional da modalidade, começaram as disputas pelas dez vagas disponíveis para a composição da seleção brasileira que representará o Brasil no Campeonato Mundial de Caiaque Pólo, marcado para o mês de setembro na Itália.

A primeira etapa da 16ª edição Campeonato Brasileiro de Caiaque Pólo, realizado no Iate Clube de Londrina, pré-classificou 16 canoístas para o Mundial. Destes, na segunda etapa, serão selecionados os dez atletas que irão compor a seleção brasileira que irá disputar o Mundial na Itália.

A primeira etapa do Campeonato Brasileiro o evento contou com a participação das equipes do Iate Clube de Londrina, do São Pólo, Renegados e da Atoca. De acordo com o supervisor do Comitê de Caiaque Pólo da Confederação Brasileira de Canoagem, Diniz Mboure, devido ao número insuficiente de inscrições para o evento em Londrina a competição foi realizada em apenas uma categoria.

Quem saiu na frente pelo título foi a equipe São Pólo, oriunda de São Paulo/SP. Em segundo ficou a equipe A do Iate Clube de Londrina e em terceiro a equipe Renegados, formada por atletas de Brotas/SP, São Paulo, Santos/SP, Palmas/PR e Londrina/PR.

A 2ª etapa ocorrerá também em Londrina nos dias 1° e 2 de maio e será válida como seletiva para o Campeonato Mundial de Caiaque Pólo, que acontece do dia 1° ao dia 5 de setembro, em Milão, na Itália.

Pré-seleção para o Campeonato Mundial de Caiaque Pólo

Caio Moreno Pereira Romano,

Christiano Rocha de Queiroz ,

Ciro Werner,

Diniz Mbure,

Eduardo Rizzi Valença,

Fernando Carazzato,

Fernando Henrique Imazu Santana,

Frederico Zecchini,

Gabriel Rocha Rabello,

Iago Gentil Carani,

Lucas Berzotti,

Luciano Rodrigo Obata Queiroz,

Luiz Carlos Guida,

Paulo Cesar Pereira,

Paulo H. Rossato,

Thiago Rodrigues Arraiol

Seletivas Nacionais da Canoagem Slalom

Selbach: “Com certeza foram as seletivas mais difíceis que já participei”


Seletivas Nacionais da Canoagem Slalom, realizadas em Foz do Iguaçu, definiram as seleções brasileiras que representarão o Brasil nos eventos internacionais de 2010.


Três provas de altíssimos níveis técnicos definiram nos dias 10, 13 e 14 de março, no Canal Itaipu, em Foz do Iguaçu/PR, os melhores atletas do Brasil para integrarem as seleções nacionais de Canoagem Slalom que participarão nos eventos internacionais de 2010.


Na prova do dia 10 de março o veterano Gustavo Selbach, de Três Coroas/RS, fez o tempo de 95.809 segundos, mas levou um susto com o atleta júnior Pedro Henrique Gonçalves da Silva, de Piraju/SP e com apenas 16 anos de idade, que conseguiu a impressionante marca de 95.894 segundos e do sênior João Vitor Martins Machado, de Tomazina/PR, com 96.686 segundos.


Já no dia 13 de março foi a vez do atleta de Tibagi/PR, Ricardo Martins Taques, que fez o tempo de 95.061 segundos, também seguido de perto pelo gaúcho Mauri Cesar Tavares, de Três Coroas, que completou a prova em 96.057 segundos e pelo paranaense João Vitor Martins Machado que repetiu o feito do dia 10 e ficou com o terceiro melhor tempo da geral com 96.511 segundos.


Na última e decisiva prova, o gaúcho Gustavo Selbach usou toda sua experiência, frieza e poder de concentração para fazer o melhor tempo da prova com apenas 96.077 segundos, contra 100.159 do atleta paulista Pedro Henrique Gonçalves e 101.130 do canoísta paranaense Ricardo Martins Taques.


“Nunca houve antes na canoagem brasileira provas com esse montante de atletas correndo todos no mesmo nível. Com toda certeza foram as seletivas mais difíceis que já participei em minha vida”, disse o grande campeão Gustavo Selbach.


“As provas consistiram em duas descidas de cada atleta nos três dias de provas descartando sempre o pior tempo entre elas. Em cada dia de disputa as balizas foram mudadas de lugar, aumentando consideravelmente o grau de dificuldade dos atletas. Nas três provas realizadas, o atleta descartou o seu pior resultado geral. Assim, de acordo com o regulamento, o primeiro lugar recebeu 50 pontos, o segundo 45 e, sucessivamente, 41, 39, 38, 37 e 36 até o sétimo colocado” explicou o Supervisor da modalidade Guto Merkle.


PARA ACESSAR TODOS OS CLASSIFICADOS CLIQUE NO LINK:

1º Seminário da Canoagem Slalom do Brasil

Na oportunidade foi apresentada uma análise da modalidade nos últimos quatro anos e o plano para aumento de embarcações para o próximo quadriênio olímpico.

Dias 11 e 12 de março estiveram presentes na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, representantes dos principais clubes de Canoagem Slalom do Brasil para conhecerem e debaterem sobre o Planejamento Estratégico da modalidade visando os Jogos Olímpicos de 2016.

Na oportunidade foi apresentada uma análise da modalidade nos últimos quatro anos e o plano para o aumento de embarcações para o próximo quadriênio olímpico. Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, João Tomasini Schwertner “A conquista dos Jogos Olímpicos de 2016, concedeu a todas as modalidades desportivas olímpicas a oportunidade de crescimento e visibilidade. Quem não aproveitar este excepcional momento para o aumento significativo de atletas estará fadado ao descrédito tanto nos investimentos públicos quanto nos investimentos privados. A CBCa, após a análise SWOT das categorias, tem absoluta certeza que o momento é de investimento maciço na base para transformar a realidade quantitativa principalmente nas embarcações K1 Feminino, C1 Masculino e C2. A nossa meta é igualar à realidade numérica de atletas cadastrados na Federação Espanhola já no início de 2012, isso sem esquecermos dessa excepcional safra de juniores que estamos tendo no momento e dos melhores seniores que ainda vão lutar nos Jogos Pan-americanos em 2011 e Jogos Olímpicos 2012”.

A Confederação Brasileira de Canoagem criou em Foz do Iguaçu, em parceria com a Itaipu Binacional, o Projeto Meninos do Lago para atendimento de 80 (oitenta) crianças e jovens que está sendo considerado como referência de gestão voltada ao crescimento quantitativo da modalidade. Pretende até o dia 15 de junho de 2010 firmar parceria com mais três clubes que se comprometam à mesma metodologia de trabalho e nos investimentos necessários e com isso receberá o Selo “Canoagem Slalom do Brasil”. Se isso acontecer, no ano de 2011 o País passará a ter uma média de 132 atletas nos eventos oficiais, dobrando essa quantidade em 2012 a 2016, números bem mais expressivos que os atuais 54 atletas na categoria principal.

“Em 2011 passaremos a ser o País com maior número de embarcação em eventos nacionais do continente americano. A partir de 2012 os números vão dobrar em virtude do aporte financeiro da CBCa e a nossa realidade numérica passará a ser equivalente à Federação Espanhola, por exemplo, que é uma das principais potências da canoagem. Embora a questão numérica não traduza a certeza de qualidade ou de resultados internacionais, obviamente que aumentarão as chances de se encontrar talentos onde aí sim devemos ter os investimentos mais focados e científicos”, disse o Superintendente da CBCa, Argos Gonçalves Dias Rodrigues.

As cidades de Piraju e Brotas no Estado de São Paulo, Primavera do Leste, do Mato Grosso e Macaé, no Rio de Janeiro, já demonstraram interesse em firmar parceria com a CBCa para introdução dos seus respectivos projetos com o selo de qualidade. Estas cidades como as demais que aceitarem as condições impostas no Seminário, terão até o dia 15 de junho de 2010 para enviarem suas propostas ao Comitê de Canoagem Slalom da Confederação Brasileira de Canoagem, em Curitiba, Paraná. As três melhores propostas apresentadas serão escolhidas para o início das atividades em janeiro de 2011.

Critérios Mínimos para aquisição do Selo:

1. Comprometimento formal com a sistematização do Projeto Meninos do Lago;

2. Comprometimento formal do Município e Associação filiada local para:
a)- aquisição de 20 k1 – 10 C1 – 07 C2;
b)- aquisição de 40 coletes salva-vidas;
c)- aquisição de 40 capacetes;
d)- aquisição de 40 saias neoprene;
e)- aquisição de 40 remos C1;
f)- aquisição de 40 remos K1.

3. Disponibilidade de galpão para guarda dos equipamentos com vestiários masculino e feminino.

4. Recursos Humanos:
a)- Um técnico e uma técnica para equipes de base;
b)- Um preparador físico (após o segundo ano do projeto);
c)- Um responsável pelos relatórios diários e inserção dos registros na internet;
d)- Disponibilização de internet e telefone.

5. Transporte e Seguro médico/hospitalar:
a)- Garantia do transporte para as 08 Turmas;
b)- Garantia de seguro contra acidentes para todos os alunos (R$ 0,99 pessoa/dia).

sexta-feira, 12 de março de 2010

Canoísta concorre à maior premiação do esporte paraense

José Agmarino de Jesus Coelho, atleta paraolímpico brasileiro, concorre na categoria de atletas com necessidades especiais.

Mais uma boa notícia para a canoagem no Brasil. O canoísta paraolímpico José Agmarino de Jesus Coelho, o “Zecão”, está concorrendo ao Troféu Rômulo Maiorana, considerado o mais importante prêmio esportivo do esporte no estado do Pará.

Zecão irá concorrer na categoria para Atletas com Necessidades Especiais e será o único representante da canoagem no evento. Este ano, em sua 16ª Edição, o Troféu Rômulo Maiorana reconhece e premia os atletas paraenses com os resultados mais expressivos em competições nacionais e com boas colocações em suas modalidades esportivas.

Ao todo serão 15 modalidades esportivas em disputa.

A premiação tem participação popular através de voto pela Internet e por meio de cupons com sorteio de prêmios nos jornais O Liberal e Amazônia.

Moção de Aplauso CBCa

Em virtude do trabalho incessante de algumas pessoas em prol do desenvolvimento da canoagem em todo o país a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) criou uma nova ação para homenagear essas pessoas que trabalham pelo esporte. Trata-se da Moção de Aplausos, destinadas para aqueles que a entidade considera de fundamental importância para o desenvolvimento da canoagem brasileira em qualquer uma das suas modalidades.

“Trata-se do reconhecimento de toda a comunidade da canoagem para essas pessoas que trabalham incessantemente pelo esporte. Sem elas certamente não estaríamos onde nos encontráramos hoje, com projetos, escolas, eventos, entre muitas outras ações que buscam a massificação da canoagem em todo o país”, argumentou João Tomasini Schwertner, presidente da CBCa.

Os primeiros a receberem a certificação da CBCa foram Hilário Neves Ezquero, membro do Comitê de Canoagem Slalom da CBCa, e Armilde Silva Aguiar Ezquero pelo trabalho que realizam com Canoagem Slalom no estado de São Paulo e pelo incentivo que dão aos iniciantes no esporte promovendo eventos para o crescimento da base da modalidade como um todo no país. A solenidade de entrega do primeiro certificado Moção de Aplauso CBCa aconteceu no último fim de semana em Brotas/SP durante a 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom 2010.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Seleção brasileira de Canoagem Velocidade rumo à Colômbia

Os catorze canoístas que representarão o Brasil nos Jogos Sul-americanos 2010 embarcaram nesta terça-feira para Medelín.



Os canoístas brasileiros que representarão o Brasil nos Jogos Sul-americanos 2010, evento que acontece de 17 a 30 de março em Medelín, na Colômbia, embarcaram nesta terça-feira em Caxias do Sul/RS rumo a mais um desafio internacional.

A seleção brasileira fará um treinamento para aclimatação de altitude em Medelín e depois partem para a cidade de Guatapé, onde serão disputadas as provas de canoagem de 27 a 29 de março e onde também acontecerão as provas de vela, triatlo e maratona aquática.

Nesta fase de adaptação a seleção de canoagem ficará instalada na Vila Sul-Americana em Medelín, construída especialmente para o evento.

De acordo com o técnico Álvaro Koslowski, os Jogos Sul-Americanos são muito importantes porque servem como preparação para as Olimpíadas de Londres-2012.

A seleção brasileira é composta pelos atletas: João Carlos Rodrigues Jr (Piraju/SP), Gilvan Ribeiro (Caxias do Sul/RS), Edson Silva (Guaiba/RS), Michel Ferreira (Caxias do Sul/RS), Givago Ribeiro (Caxias do Sul/RS), Roberto Maehler (Cascavel/PR), Ricardo Barreto (Cascavel/PR) e Celso de Oliveira (São Paulo/SP), Naiane Pereira (Caxias do Sul/RS), Juliana Domingos (Gravataí/RS), Ariela Pinto (Caxias do Sul/RS), Bruna Gama (Cascavel/RS), Daniela Alvarez (Caxias do Sul/RS) e Regiane Sarango (Caxias do Sul/RS).

Na canoagem serão disputadas 24 medalhas de ouro nas provas C1, C2 nos 200m, 500m e 1000m, todas no masculino; e K1, K2 e K4 nas distâncias de 200m, 500m e 1000m, no masculino e feminino.

O presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini Schwertner, acredita que a disputa na canoagem será, principalmente, entre brasileiros e argentinos.

“Sempre brigamos de igual para igual com eles nas competições da região. Ano passado perdemos o Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade por apenas uma medalha de ouro, competindo lá na Argentina. Em 2008 fomos campeões em casa. Agora, competindo fora desses lugares, vamos ver quem leva a melhor”, disse.

Os Jogos Sul-Americanos de 2010 serão disputados pela primeira vez na Colômbia. Ao todo serão 31 modalidades esportivas em disputa. A canoagem participou das edições de 1994, 1998, 2002 e 2006.

CAIAQUE MASCULINO

K1 1000m - João Carlos Rodrigues Jr
K1 500m - Gilvan Ribeiro
K1 200m - Edson da Silva
K2 1000m - Gilvan Ribeiro e Michel Ferreira
K2 500m - Edson da Silva e Givago Ribeiro
K2 200m - Robeto Maehler e Ricardo Barreto

* O atleta Celso de Oliveira conquistou a vaga remanescente no K1 1000m, fechando oito convocados.

CAIAQUE FEMININO

K1 1000m, 500m e 200m

1ª Naiane Pereira

2ª Juliana Domingos

3ª Ariela Pinto

4ª Bruna Gama

5ª Daniela Alvarez

6ª Regiane Sarango


CANOA MASCULINA

C1 1000m – Wladimir Moreno
C1 500 e 200m – Nivalter Santos
C2 1000, 500 e 200m – Erlson de Souza Silva e Ronilson Matias de Oliveira.

Mais informações no link: http://www.cbca.org.br/newcbca/evento/pagina/eventos_id/236/paginas_id/121

domingo, 7 de março de 2010

REDBULL PADDLE CROSS & FREE SESSION KANALOA

No dia 20 de fevereiro ocorreu nos mares de Garopa e Imbituba a primeira e maior travessia em StandUp Paddle do Brasil, a REDBULL PADDLE CROSS promovida pela Art in Surf. A travessia compreendeu 18km de percurso, contou com a presença de 70 remadores, dentre os quais os Campeões e internacionalmente conhecidos Kauli Seadi (Tri-Campeão Mundial de Windsurf WAVES), Thomas "Maximus" Shahinian (Team CALIFORNIA/HAWAII) e Remy Lavie (Team TAIKO KANALOA/TRUZZ).

As condições do mar estiveram especialmente desafiantes com um pouco de vento contra no início da travessia, influência de backwash's (ondulações de retorno) ao longo dos costões e ótima condição de downwind (surfe a favor do vento) da metade ao final da prova, chegada na Praia do Rosa em Imbituba.

A grande surpresa da REDBULL PADDLE CROSS foi o primeiro lugar a Kauli Seadi, Tri-Campeão Mundial de WindSurf da modalidade Waves, e que agora aventurando-se também pelo mundo do Paddle!

Além do podium e da paixão pelo mar, o que Kauli, Remy e Thomas têm em comum é o fato de terem sido remadores contemporâneos na KANALOA ao ano de 2007.
Para a época Kauli em off da temporada de Windsurf vinha remando na KANALOA em turmas regulares como forma de cross-training; Remy em sua segunda temporada no Brasil celebrava sua lua-de-mel com as Canoas Havaianas pela primeira vez no Brasil e; Thomas "Maximus", remador do Team Califorina/HAWAII, em Trip de KiteSurf pelo Brasil veio a conhecer a KANALOA junto a OpenWinds realizando ótimas travessias até a Ilha do Xavier, Praia Mole, inclusive acompanhando a primeira Volta a Ilha de Santa Catarina em Canoas Individuais (150km) realizada por Alexey Bevilacqua e Bernardo Queiroz.

Terminado a REDBULL PADDLE CROSS, Thomas "Maximus", Remy Lavie e Adrien Caradec (6ºlugar na prova) seguiram para a KANALOA junto ao TAIKÔ em Jurerê Internacional para uma FREE SESSION em Canoas Havaianas e StandUp Paddle.
Foto: Os Campeões Kauli Seadi, Thomas "Maximus" Shahinian e Remy Lavie
.

Momentos antes da largada.

Gente bonita prestigiando a prova.

Largada na Praia de Garopaba

Largada - Uma cena Clássica.

Mar agitado.

Kauli Seadi -Tri-Capeão Mundial de Widsurf WAVES.

Thomas "Maximus" Shahinian - Team CALIFORNIA/HAWAII Outrigger Canoe.

kauli liderando a prova e sendo seguido de perto por Thomas "Maximus".

Kauli Seadi Campeão da REDBULL Paddle Cross.

Thomas "Maximus" Shahinian - 2ºLugar.

Remy Lavie e a esposa Ana Paula - 3ºLugar - Team TAIKÔ KANALOA/TRUZZ.

Thomas "Maximus", Remy Lavie, Alexey Bevilacqua e Adrien Caradec em Free Session para a Ilha do Francês - KANALOA - TAIKÔ em Jurerê Internacional.

Aloha Ke Akua,

Alexey Bevilacqua

KANALOA Canoagem Havaiana

0xx48 - 8422 6533 / 3879 0570

kanaloa@openwinds.com.brhttp://kanaloakanu.blogspot.com/

Empresa filiada a ABETA (Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura).

Integrante do Programa Aventura Segura para Qualificação e Certificação em Turismo de Aventura.Convênio ABETA/SEBRAE/Ministério de Turismo e Governo Federal.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Canoagem Descida bate recorde de participantes

“Novas categorias estão sendo fundamentais para ao resgate da modalidade no país”.

No último fim de semana a cidade de Macaé, no Rio de Janeiro, foi testemunha do resgate da Canoagem Descida no país. Com a inclusão de novas categorias em disputa na modalidade o número de interessados segue em crescimento e isto já pode ser visto na 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro com a inscrição de 62 atletas no evento.

“As novas categorias (Duck, Rotomoldado e Turismo) fizeram aumentar o número de competidores nas etapas do circuito brasileiro desde o ano passado e acreditamos que para este ano o número cresça ainda mais”, comemorou Miguel Mulin, supervisor do Comitê de Canoagem Descida da Confederação Brasileira de Canoagem.

Outra novidade neste ano é a disputa por vagas para representar o Brasil no Campeonato Mundial de Canoagem Descida, marcado para ocorrer de 7 a 13 de junho, em Sort, na Espanha. As três primeiras etapas das cinco em disputa no Campeonato Brasileiro serão válidas para selecionar os canoístas brasileiros que irão competir na Europa.

Quem saiu na frente em busca deste objetivo foi o atual campeão brasileiro Abel Viegas Neto que confirmou seu favoritismo e venceu a primeira etapa em Macaé. Ele terminou a prova e marcou o melhor tempo da competição com a marca de 6m54s38. Com este resultado ele lidera o quadro de classificação para o Mundial com 50 pontos. Hoje, os outros classificados são Thiago Mendonça (7m19s79 e 45 pontos) e Ronaldo Araújo (7m32s16 e 40 pontos).

“A escolha dos atletas para o Mundial será feita baseada na somatória de pontos das três primeiras etapas da competição e certamente irá premiar os melhores canoístas do circuito”, explicou Mullin.

Após alterações no calendário da modalidade as próximas duas etapas do Campeonato Brasileiro de Canoagem Descida 2010 acontecem em Lavras/MG nos dias 10 e 11 de abril, e em Santo Antonio de Pádua/RJ dias 8 e 9 de maio.

Etapas do Brasileiro 2010

1ª Etapa – Macaé/RJ – 27 e 28 de fevereiro
2ª Etapa – Lavras/MG – 10 e 11 de abril
3ª Etapa – Santo Antonio de Pádua/RJ – 8 e 9 de maio
4ª Etapa – Itaocara/RJ – 29 e 30 de maio
5ª Etapa – Schroeder/SC – 16 e 17 de outobro

Mais informações e todos os resultados da 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Canoagem Descida, em Macaé/RJ, clique no link:
http://www.cbca.org.br/newcbca/evento/pagina/eventos_id/270/paginas_id/197

quinta-feira, 4 de março de 2010

Argentina sediará Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade

Evento acontecerá de 21 a 25 de abril em Buenos Aires e reunirá os melhores canoístas da região. Ano passado os argentinos sagraram-se campeões da competição.

Anteriormente marcado para acontecer no Uruguai o Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade 2010 foi oficialmente confirmado para acontecer no período de 21 a 25 de abril, na pista do Clube de Regata da Prata, em Buenos Aires, na Argentina.

“Essa é uma competição sul-americana muito importante neste ano para nós, onde se espera contar com a presença dos melhores canoístas da região, ainda mais por sermos os anfitriões deste evento no ano do bicentenário da República Argentina”, disse Javier Correa, presidente da Federação Argentina de Canoagem.

Em 2009 os argentinos sagraram-se campeões sul-americanos competindo em Buenos Aires apenas na última prova disputada, seguidos pelos brasileiros que ficaram em segundo lugar com uma medalha de ouro atrás dos anfitriões.

Segundo o técnico da seleção brasileira, Álvaro Koslowski, o Brasil já provou que compete de igual para igual em qualquer localidade e destaca a importância da categoria Sub-23, Canoa Feminina e Paraolímpica, esta última a ser confirmada pela organização do evento nos próximos dias.

“Como iremos com a equipe principal para os Jogos Sul-americanos na Colômbia, é muito bom para os atletas Sub-23 uma experiência internacional como essa na Argentina.

Além disso, este evento também valorizará a Canoa Feminina e a categoria Paraolímpica”, contou Koslowski.

O Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade 2010 será disputado nas categorias Cadete (15 e 16 anos), Junior (17 e 18 anos), Sênior (Sub-23) e Máster (35 anos em diante), todas no Masculino e Feminino.

As provas serão: K1, K2, K4, C1 e C2.

Mais informações em: http://www.cbca.org.br/newcbca/evento/index/eventos_id/237

quarta-feira, 3 de março de 2010

Santas Olas Festival 2010

Aloha Galera,

Campeonato Argentino de Waveski e Kayaksurf "Santas Olas Festival 2010" incrições abertas!!


Segue o texto original:

Hola a todos queria avisarles que ya pueden inscribirse al Santas Olas Festival 2010
INSCRIPCIONES ABIERTAS EN www.badmachinekayaks.com.ar
el costo de las mismas es de $ 40 que se abonaran el dia de la competencia Vienes 2 /4/2010 a partir de las 9 hs.




Informações e incrições abertas no site: www.badmachinekayaks.com.ar ou

Com nosso hermano, Gabriel Landini (glandini@copetel.com.ar)

Rumo ao Mundial de Caiaque Pólo

Londrina recebe neste fim de semana a 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Caiaque Pólo. As duas primeiras etapas serão válidas como seletiva para o Campeonato Mundial, que acontece em setembro, na Itália.

Acontece neste fim de semana, em Londrina/PR, a 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Caiaque Pólo. Este evento e a segunda etapa do campeonato, marcado também para Londrina nos dias 1° e 2 de maio, serão válidos como seletiva para o Campeonato Mundial de Caiaque Pólo, que acontece do dia 1° ao dia 5 de setembro, em Milão, na Itália.

Segundo o supervisor do Comitê de Caiaque Pólo da Confederação Brasileira de Canoagem, Diniz Mboure, o técnico da seleção brasileira, Rafael Barbieri, fará uma pré-seleção de 16 atletas já neste fim de semana para compor a equipe que viajará para a Europa representar o Brasil, e na próxima etapa, em maio, será feito um corte de seis atletas deste time, resultando em 10 canoístas definidos para a seleção brasileira, número máximo permitido pela Federação Internacional de Canoagem para a composição das seleções nacionais.

“Estamos muito esperançosos com um bom resultado na Europa. Pretendemos chegar entre os oito primeiros colocados no Mundial, resultado que seria inédito na história do Caiaque Pólo brasileiro”, informou Mboure.

O último Campeonato Mundial que o Brasil participou foi em 2006, em Amsterdã, na Holanda, ocasião que os atletas brasileiros conquistaram o 15° ligar geral. Já a melhor colocação brasileira na competição foi em 2000, em evento realizado no Brasil e que os atletas da casa ficaram com a 9ª colocação.

Em virtude do Mundial 2010 a equipe brasileira embarcará na segunda quinzena de agosto para Milão, na Itália, para passar duas semanas de treinamentos intensivos com as equipes locais e chegar melhor preparada para enfrentar as melhores equipes do mundo no Caiaque Pólo.

Mais informações em: http://www.cbca.org.br/newcbca/evento/pagina/eventos_id/306/paginas_id/200

Fonte: imprensa@cbca.org.br

Seletiva e seminário em Foz do Iguaçu decidem o futuro da Canoagem Slalom

Encontro irá definir o planejamento estratégico da modalidade para os próximos anos e quais atletas representarão o país nas competições internacionais em 2010.

A próxima semana promete ser fundamental para o futuro da Canoagem Slalom no país. Dirigentes e técnicos se encontrarão na cidade de Foz do Iguaçu para discutir o planejamento estratégico da modalidade para os próximos anos e os atletas disputarão no Canal Itaipu, nas dependências das Itaipu Binacional, a seletiva que definirá a equipe brasileira que representará o país nas competições internacionais em 2010.

Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini Schwertner, este é apenas o primeiro passo que a modalidade dá em direção ao aprimoramento qualitativo e quantitativo da Canoagem Slalom visando os Jogos Olímpicos de 2016.

“É de conhecimento do Comitê Olímpico Brasileiro, Ministério do Esporte e demais entidades que o Brasil necessita de um plano estratégico realmente eficaz que proporcione um aumento significativo no número de atletas. Para tanto, estamos desenvolvendo um plano chamado ‘Selo Canoagem Slalom 2016’ que buscará sanar essa deficiência. Esperamos que este programa seja um divisor de águas para o futuro da modalidade”, contou Tomasini.

Esse, entre outros assuntos, será discutido no 1° Seminário para Técnicos e Dirigentes da Canoagem Slalom do Brasil, que será realizado em Foz do Iguaçu nos dias 11 e 12 de março.

Seletiva Nacional

A proposta da CBCa para a partir desse ano é que todas as seletivas nacionais sejam realizadas na segunda quinzena de março, em Foz do Iguaçu, até que o canal de Canoagem Slalom do Rio de Janeiro esteja concluído, quando então passará para a capital carioca.

De acordo com o superintende da CBCa, Argos Rodrigues, esta medida é importante para que possa haver uma melhor estruturação da entidade nas viagens internacionais, permitindo o desenvolvimento de estratégias mais eficazes e menos estressantes aos atletas.

Para definir a equipe de Canoagem Slalom 2010 serão realizadas três provas seletivas marcadas para os dias 10, 13 e 14 de março, em Foz do Iguaçu. Os melhores do Brasil brigarão por 11 vagas (3 para K1 Masculino, 3 para K1 Feminino, 1 para C1 Feminino, 3 para C1 Masculino e 1 para C2 Masculino).

“A primeira condição para que haja a convocação do atleta é o fato dele estar entre as três melhores somatórias em duas das três provas realizadas (o pior resultado de todas as provas do atleta será descartado). Outros fatores, como o número de vagas previsto e o índice a ser alcançado, também serão determinantes para a homologação da classificação”, explicou Argos Rodrigues.

Para este ano já existem quatro eventos internacionais de altíssimo nível técnico para os atletas brasileiros: Campeonato Mundial Júnior, que acontece em julho na França; o Campeonato Mundial Sênior, marcado para setembro na Eslovênia; o Campeonato Pan-americano, em outubro no México; o Campeonato Sul-americano, em novembro na Argentina; além das três etapas da Copa do Mundo, que acontecem em junho na Espanha e República Tcheca e em julho na Alemanha.

As seletivas para a composição da equipe internacional de 2010 e o 1° Seminário para Técnicos e Dirigentes da Canoagem Slalom do Brasil são organizados pela Confederação Brasileira de Canoagem e contam com o apoio da Itaipu Binacional.

Todas as informações sobre a Seletiva e o Seminário podem ser acessadas no link:

http://www.cbca.org.br/arquivos/documentos/circular0012010b.pdf


Fonte: imprensa@cbca.org.br

terça-feira, 2 de março de 2010

CONVITE: I Etapa Copa Sul de Canoagem Velocidade

No dia 28 de março acontece no município de Guaíba, nos arredores de Porto Alefre/RS, a I Etapa da Copa Sul de Canoagem Velocidade. O evento, organizado pela Guahyba Associação de Canoagem (GAC) irá reunir os melhores canoístas da modalidade em virtude da proximidade com a cidade de Caxias do Sul/RS, município que abriga o Centro de Treinamento de Canoagem Velocidade da Confederação Brasileira de Canoagem. Todas as informações em:

http://www.cbca.org.br/arquivos/documentos/CONVITE%20Copa%20Sul%20de%20Canoagem%202010.pdf

I Etapa – Copa Sul de Canoagem Velocidade

OBS: AS inscrições Gratuitas devem ser realizadas até o dia 24 de março “quarta–feira”, através do e-mail: caiocanoagem@gmail.com contendo nome do atleta, entidade, categoria e distância.

Será oferecido pela organização frutas e águas durante todo evento em local “restrito para atletas”.

Almoço é de responsabilidade das entidades.

Possibilidade de camping junto à sede da entidade a partir de sábado, no parque da juventude.

Apoio: Prefeitura Municipal de Guaíba.

Gustavo Selbach mais uma vez é destaque na Canoagem Slalom

A 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom terminou neste domingo em Brotas, no interior paulista.

Terminou neste domingo a 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom em Brotas, no interior do estado de São Paulo. O evento aconteceu no rio Jacaré-Pepira e reuniu os melhores canoístas do país na Canoagem Slalom. Mais uma vez o destaque do evento foi o gaúcho Gustavo Selbach.

Na categoria K1 Sênior, a mais disputada do evento, quem saiu na frente rumo a mais um título foi o canoísta Gustavo Selbach. O gaúcho da cidade de Três Coroas/RS marcou o melhor tempo da competição (73,73 segundos) e conquistou a medalha de ouro da categoria. Em segundo lugar ficou Mauri César Tavares (74,23) também de Três Coroas e em terceiro colocado ficou o atleta Pedro Henrique Bueno (79,45) de Piracicaba/SP.

No K1 Sênior Feminino o ouro ficou com a jovem Ana Sátila Vargas (83,88 segundos) de Primavera do Leste/MT. O segundo lugar, com o tempo de 90,51s, foi conquistado pela canoísta que representou o Brasil nas Olimpíadas de Pequim, Poliana Aparecida de Paula, atleta de Piraju/SP. A terceira colocação ficou com Maíra Marques (100,16s) de Piracicaba.

Já nas duas categorias da canoa – C1 e C2 Sênior – todas as medalhas foram conquistadas por gaúchos e paulistas. No C1 o vencedor foi Jean Moller (83,340 segundos) de Três Coroas, seguido pelo conterrâneo Anderson Webber (89,130) e por William Ferraz (89,520) de Piracicaba. No C2 a dupla vencedora foi composta por Anderson Webber e Jean Pereira (94,760), atletas de Três Coroas. Na segunda colocação ficaram Leonardo Bueno e William Ferraz (98,890), canoístas de Piracicaba; e em terceiro lugar Reinaldo Bonato e Thiago Saldanha, também de Piracicaba.

Na disputa por equipes o primeiro lugar ficou com Pedro Gonçalves, Charles Corrêa e Anderson Santos, atletas de Piraju, que terminaram a prova com o tempo de 91,480 segundos. Em segundo ficaram os atletas de Piracicaba, Leonardo Bueno, Marcell Buselli e Reinaldo Bonato, com o tempo de 99,220 segundos. E na terceira colocação os canoístas de Três Coroas, Gustavo Selbach, Mauri Tavares e Jean Moller, com o tempo de 104,800 segundos.

Também foram disputadas as categorias K1 Júnior, K1 Máster, C1 Junior, no masculino; além do K1 Júnior Feminino e de todas as provas para os Iniciantes.

A próxima etapa está marcada para os dias 24 e 25 de abril em Primavera do Leste/MT e promete acirrar ainda mais a briga pelo título da competição que terá este ano quatro etapas em disputa.

A organização da 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom / Campeonato Paulista de Canoagem Slalom foi da Federação Paulista de Canoagem. O evento também contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Brotas, Confederação Brasileira de Canoagem, Associação das Empresas de Turismo de Brotas e Região e Associação Brotense de Condutores de Turismo.

Para conferir todos os resultados e saber mais informações sobre o evento clique no link a seguir:http://www.cbca.org.br/newcbca/evento/pagina/eventos_id/295/paginas_id/199